Politica

Bloco pede fim de portagens nas ex-scut do interior do país

Declarações de Catarina Martins no Porto

A coordenadora do Bloco de Esquerda defendeu esta segunda-feira o fim das portagens nas ex-scut do interior do país.

"Estas autoestradas foram feitas para ligar o interior e ser um esforço de coesão territorial e, era por isso, que não tinham portagens. Passaram a ter portagens e passaram a fazer o contrário daquilo que faziam, que era apoiar quem vive no interior, quem tem menos acessos a transportes públicos coletivos, infelizmente", afirmou Catarina Martins, que falava à margem de uma reunião com professores de várias universidades e politécnicos do Porto e Norte.

"Sendo o BE um grande defensor de transportes coletivos, não somos indiferentes à enorme injustiça de quem vive no interior estar a pagar portagens quando não tem outras alternativas de transporte", disse a líder do Bloco de Esquerda, citada pela agência Lusa.

Assim, o partido defende "que se acabem com as portagens, voltar ao modelo que existia sem custos para o utilizador, protegendo assim as populações do interior fazendo um trabalho de coesão territorial. Ao mesmo tempo, achamos que este é o momento ideal também para rever as PPP rodoviárias que são absolutamente lesivas para os cofres públicos. A introdução de portagens não melhorou nada, apenas agravou a situação com as PPP rodoviárias", explicou Catarina Martins.