Economia

TAP procura financiar-se com 300 milhões de euros

Oferta é apenas dirigida a investidores institucionais. Taxas de juro apenas serão conhecidas após fecho da operação.

A TAP anunciou esta segunda-feira a emissão de 300 milhões de dívida, numa oferta apenas dirigida a investidores institucionais. Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a companhia aérea anunciou “a sua intenção de lançar uma oferta dirigida a investidores institucionais de obrigações sénior com o valor nominal agregado indicativo de 300 milhões de euros com maturidade em 2024”. As taxas de juro serão apenas conhecidas após o fecho da operação.

A TAP acrescenta que as receitas resultantes da oferta destinam-se à antecipação do reembolso de determinados empréstimos, no âmbito do passivo existente, e à extensão do respetivo prazo médio de maturidade ao pagamento de comissões e despesas relacionadas com a oferta das Obrigações. Na nota enviada à CMVM, a TAP sublinha que ainda “não existe garantia de que a oferta será concluída ou, se concluída, quanto às condições da sua conclusão”.

A TAP procura novo financiamento após ter lançado, há cinco meses, a sua primeira emissão de obrigações para o mercado retalhista, captando, na altura, 200 milhões de euros em obrigações com maturidade em 2023, com uma taxa de juro de 4,375%.