Desporto

"Sarri teve personalidade. Nunca um técnico teve coragem de substituir Ronaldo"

Atitude do craque português após substituição continua a dar que falar.

A substituição de Ronaldo, aos 55 minutos, no encontro entre Juventus e Ac Milan, foi um dos momentos que mais deu que falar desde que o internacional português chegou a Turim. O avançado dirigiu-se imediatamente ao balneário sem sequer passar no banco, quando Paulo Dybala foi chamado para o seu lugar.

A atitude de Cristiano Ronaldo não escapou à polémica e agora foi a vez de Sergio Porrini, antigo jogador da Juventus, elogiar a decisão do técnico Maurizio Sarri.

"Vimos que o Ronaldo não estava a 100%. Sarri teve personalidade, retirou-o, e estava certo no que fez. Ele provou ser um treinador da Juventus e não sofre a pressão de ter um jogador como Ronaldo pela frente. Nunca ninguém teve a coragem de o substituir e ele fez isso e isso leva-nos a crer que Sarri não se importa com o indivíduo, mas com o grupo", considerou Sergio Porrini, que alinhou pela Vecchia Signora entre 1993 e 1997.