Sociedade

Alto responsável de embaixada da Guiné-Bissau foi detido esta madrugada

O diplomata de 43 anos foi tirado à força da viatura e não colaborou com as autoridades.

O diplomata guineense que atirou ácido sulfúrico ao companheiro da ex-namorada foi detido esta madrugada. A imunidade diplomática do alto responsável da embaixada da Guiné-Bissau em Lisboa foi levantada há dois dias, permitindo assim a atuação das autoridades.

A PSP de Sintra deteve o homem, que estava a conduzir um veículo com matrícula diplomática, para o qual não tinha habilitações. O diplomata de 43 anos foi tirado à força da viatura e não colaborou com as autoridades.

O homem é acusado de um crime de violência doméstica e dois de homicídio na forma tentada, estes dois últimos ocorridos no passado dia 10, em Sintra, quando o diplomata foi acusado de tentar matar o atual companheiro da sua ex-namorada.

Quando a PSP chegou ao local do crime viu-se impedida de deter o homem, visto este apresentar imunidade diplomática. Apesar de terem tentado entrar em contacto com o Ministério Público, nada poderia ser feito, visto o homem não poder ser constituído arguido.