Sociedade

Recluso ficou com 40% do corpo queimado com água a ferver na prisão de Sintra

Homem foi transportado em estado grave para o Hospital Amadora-Sintra.


Um recluso ficou queimado em 40% do corpo com água a ferver, esta sexta-feira, na prisão de Sintra, avançou o Correio da Manhã.

O incidente ocorreu por volta das 7h45, quando um grupo de reclusos estava a preparar o almoço e uma panela de pressão terá explodido, segundo o mesmo jornal.

O homem foi transportado em estado grave para o Hospital Amadora-Sintra e entretanto transferiram-no para Coimbra.

Os comentários estão desactivados.