Politica

“É com pena mas sem azedume” que Miguel Morgado desiste da candidatura à liderança do PSD

Ex-deputado do PSD classifica estratégia de Rui Rio como “ruinosa”

Miguel Morgado já decidiu e não vai ser candidato à liderança do PSD. “Pude constatar a disponibilidade de muita gente para estar comigo neste combate. Mas apesar desses apoios, não foi infelizmente possível no presente momento reunir todos os meios necessários para tornar efetiva a candidatura em tempo útil”, escreveu, nas redes sociais, o ex-deputado social-democrata.

"Mas apesar desses apoios, não foi infelizmente possível no presente momento reunir todos os meios necessários para tornar efetiva a candidatura em tempo útil. Por isso, é com pena, mas sem azedume, que não levarei por diante a candidatura", acrescentou.

Morgado garante que não deixará de “tomar posição” nas eleições internas e classifica a estratégia de Rui Rio como “ruinosa para o partido”.

Rui Rio, Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz vão disputar a liderança do PSD. As eleições diretas estão marcadas para dia 11 de janeiro.