Economia

Aprovado projeto para aumentar capacidade aeroportuária do aeroporto de Lisboa

Projeto prevê aumentar capacidade até 72 movimentos por hora.

O projeto para aumentar a capacidade aeroportuária de Lisboa para 72 movimentos por hora foi aprovado pela INFANAV, entidade que tem a seu cargo a gestão estratégica do espaço aéreo.

Este projeto, explica a NAV em comunicado, prevê a reorganização e conciliação da utilização civil e militar do espaço aéreo da região de Lisboa e a sua aprovação significa que estão reunidas as condições para aumentar gradualmente a capacidade da ATL até aos 72 movimentos por hora.

No entender do Grupo de Trabalho Espaço Aéreo, que preparou o projeto, a conjugação dos termos previstos na Carta de Operação entre a Força Aérea e a NAV Portugal assinada no passado 28 de junho, que prevê a cedência de espaço aéreo de Sintra, com os termos já acordados para a futura Carta de Operação a celebrar entre as mesmas entidades. Contudo, para a cedência parcial do espaço aéreo de Monte Real, garantem as condições necessárias para se avançar com o aumento gradual da capacidade do sistema aeroportuário de Lisboa até 72 movimentos por hora – valor que compara com os atuais 44.

A NAV explica ainda que a reorganização operacional do espaço aéreo não vai só aumentar a capacidade aeroportuária de Lisboa como também oferecer uma estrutura de espaço aéreo mais eficiente, o que vai permitir uma melhor gestão do tráfego na fase de aproximação a Lisboa. Desta forma, explica ainda, vai reduzir os atrasos e o total de emissões de gases de estufa associadas ao transporte aéreo.