Sociedade

Começa hoje a instrução do caso Hells Angels com a inquirição de dois arguidos

Jorge Lourenço e Vítor Pereira vão ser ouvidos

Começa hoje a fase de instrução do processo Hells Angles no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa, com a inquirição de Jorge Lourenço e Vítor Pereira, dois dos arguidos.

Conceição Moreno, a juíza de instrução, marcou sessões até ao dia 19 do próximo mês, por forma a interrogar 27 dos 71 acusados que pediram a abertura desta fase judicial facultativa. o objetivo passa por ouvir dois arguidos por sessão.
Recorde-se que ainda etse mês 37 dos 40 arguidos do processo que se mantinham em prisão preventiva e em prisão domiciliária foram colocados em liberdade devido a excesso de prisão, ou seja, o prazo máximo de prisão preventiva - fixado em um ano e quatro meses - expirou sem que existisse decisão instrutória.

Quanto aos outros três arguidos, esses continuam em prisão preventiva, uma vez que foram detidos mais tarde no âmbito do processo principal.

Os arguidos são acusados de associação criminosa, tentativa de homicídio qualificado agravado pelo uso de arma, ofensa à integridade física, extorsão, roubo, tráfico de droga e detenção de armas e munições, entre outros crimes.

São acusados de terem elaborado um plano para aniquilar o grupo motard rival, através da força física e de várias armas, para lhe causa ferimentos graves e "se necessário até a morte", sustenta a acusação. Mário Machado, líder do movimento de extrema-direita Nova Ordem Social, é assistente no processo.