Internacional

Mãe que perdeu bebé decidiu doar leite materno durante mais de dois meses

"Por vezes perguntava-me porque estava a fazer isto e porque acordava a meio da noite para retirar o leite...mas depois entendia que era uma forma de estar ligada ao meu filho. Senti que ele esteve sempre comigo", explicou a mãe através do Facebook.

Sierra Strangfeld perdeu o seu filho Samuel, três horas depois do seu nascimento, em setembro deste ano.O bebé nasceu com a doença rara Trissomia 18, um problema que afeta as células e que atrasa o natural desenvolvimento e crescimento da criança.   

A mulher, residente no estado norte-americano do Winsconsin, decidiu, apesar do destino infeliz de Samuel, ajudar outros bebés. Durante 63 dias, a mulher extraiu quase 15 litros de leite materno para doar ao banco de leite local.

“Houve momentos em que me sentia cansada e com raiva, tanto fisíca como psicologicamente, porque não é fácil passar por este processo sem o meu filho. Por vezes perguntava-me porque estava a fazer isto e porque acordava a meio da noite para retirar o leite...mas depois entendia que era uma forma de estar ligada ao meu filho. Senti que ele esteve sempre comigo", explicou Sierra através do Facebook, onde partilhou várias fotografias das amostras de leite materno e uma fotografia de Samuel, quando nasceu.