Sociedade

S.T.O.P. fecha escola em Coimbra

Professores, pais e alunos juntaram-se à porta do estabelecimento para exigir a retirada de amianto do local.

A escola EB 2,3 em Taveiro, Coimbra, fechou, na manhã desta quinta-feira, devido a uma greve contra a presença do amianto.

Professores, pais e alunos juntaram-se à porta do estabelecimento para exigir a retirada de amianto do local.

A greve foi convocada pelo Sindicato de Todos os Professores (S.T.O.P.). Em declarações à TVI, o dirigente do sindicato, André Pestana, disse que o governo devia revelar a lista de edifícios públicos com amianto, garantido que mais de 130 escolas têm a presença do material.