Sociedade

Motorista de camiões abusou da filha durante viagens de trabalho durante seis anos

Os abusos terão alegadamente começado quando a menina tinha 12 anos. 

Um homem de 37 anos foi acusado de, durante seis anos, ter abusado sexualmente da filha. O homem, motorista de pesados de mercadorias terá alegadamente violado a jovem, “durante as viagens de trabalho em que a filha o acompanhava, na casa onde ambos viviam e na casa de outros familiares, todos residentes numa das freguesias urbanas da cidade de Aveiro”, pode ler-se num comunicado da PJ.

Os abusos sexuais começaram "quando a vítima tinha 12 anos, perdurando desde então, de forma reiterada ao longo do tempo e ultimamente sob constrangimento físico e psíquico", acrescenta a nota.

Segundo as autoridades, alguns familiares tinham conhecimento da situação mas “o temperamento violento do homem foi sempre impeditivo da revelação dos factos”.

Foram os amigos da vítima que apresentaram queixa contra o pai da jovem, que já tem 18 anos, depois de esta ter fugido de casa e ter revelado a situação.

O homem vai ser presente a tribunal, onde serão aplicadas as medidas de coação tidas como adequadas.