Politica

Joacine pode ser alvo de “atuação disciplinar”

Parecer sobre o caso tem de ser entregue até dia 5 de dezembro.

O Conselho de Jurisdição do Livre admite "atuação disciplinar” para Joacine Katar Moreira, deputada única do partido, segundo comunicado divulgado por aquele órgão, do qual o advogado Ricardo Sá Fernandes faz parte.

O órgão do Livre já reuniu e remeteu para a comissão de ética a elaboração de "um parecer tendo em vista a apuração dos factos subjacentes ao conflito entre o Grupo de Contacto e Joacine Katar Moreira e o seu gabinete".

A comissão terá ainda de esclarecer "as dúvidas existentes quanto à forma de estabelecer o adequado relacionamento entre os órgãos do partido e os seus eleitos para cargos políticos".

Segundo o comunicado, o parecer tem de ser apresentado no prazo de 8 dias, ou seja dia 5 de dezembro, tendo Ricardo Sá Fernandes sido nomeado como relator.

Recorde-se de que a decisão de levar o tema para análise do conselho de jurisdição foi aprovada no domingo, durante uma assembleia do Livre.