Sociedade

Matos Fernandes diz que Greta Thunberg é "muito bem-vinda" a Portugal

Ativista e ministro não se vão cruzar em Lisboa.

O ministro do Ambiente disse, esta sexta-feira, que a ativista sueca Greta Thunberg é "muito bem-vinda" a Portugal, defendendo que a mensagem da jovem é da "maior relevância"

"Greta Thunberg é muito bem-vinda a Portugal e sobretudo aquilo que ela tem feito é da maior relevância para consciencializar os mais jovens e também os menos jovens para a necessidade de um compromisso por uma sociedade neutra em carbono", afirmou Matos Fernandes, à margem do Fórum da Mobilidade e Novas Tendências, que está a decorrer em Ermesinde.

O governante adiantou no entanto que não se irá encontrar com a ativista, que deverá chegar a Lisboa na próxima semana, por motivos de agenda. É que Matos Fernandes estará em Madrid nessa altura para participar precisamente na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP25).

Para o ministro o que é "verdadeiramente importante" é que Greta Thunberg continue o seu trabalho.

Questionado sobre a ‘greve climática’, que decorre esta sexta-feira em várias cidades portuguesas e do mundo, o responsável do ministério que mudou de nome para incluir o termo Ação Climática disse estar expectante.

"Vejo com uma enorme expectativa e entusiasmo tudo aquilo que sejam gestos de compromisso, e obviamente de manifestação pública desse mesmo compromisso no combate às alterações climáticas” afirmou o ministro, acrescentando: “Esta é a causa mais justa e é com uma grande satisfação que eu vejo que os mais jovens estão de facto mobilizados para lutar pela causa mais justa".