Internacional

“Incidente” na Ponte de Londres está a ser tratado como um “ato terrorista”

Suspeito com falsos explosivos foi abatido.

As autoridades britânicas foram chamadas à London Bridge, em Londres, devido a relatos de um “esfaqueamento” nas imediações da ponte, segundo a própria polícia.

Inicialmente foi divulgado pelas autoridades que tinha sido detido um homem, sabe-se agora que a polícia alvejou mortalmente um homem, por suspeitas de estar na posse de um engenho explosivo.

As autoridades já confirmaram também a existência de cinco feridos, não tendo sido adiantado, no entanto, o estado de gravidade em que se encontram.

Testemunhas, citadas por jornais ingleses, relatam que o suspeito estava a usar o que parecia ser um colete armadilhado com explosivos, o que terá levado a polícia a abatê-lo.

A London Bridge e a zona circundante foram fechadas pela polícia, que criaram um perímetro de segurança e procederam à evacuação de vários edifícios.

O incidente está a ser investigado pela unidade de combate ao terrorismo, ainda que segundo as próprias autoridades não se conheçam ainda os motivos do suspeito. Por outro lado, a polícia apela a população para se manter “alerta” e “vigilante”.

O primeiro-ministro Boris Johnson garantiu no Twitter estar a acompanhar o “incidente” e agradeceu às autoridades a sua "resposta imediata".

[notícia atualizada]