Vida

Rainha Isabel II está "viva e bem de saúde" depois de correrem rumores de que tinha morrido

O rumor começou a circular através do WhatsApp, por uma mensagem supostamente enviada por um guarda real.

As notícias de que a Rainha Isabel II teria morrido circularam durante o fim-de-semana. O rumor surgiu depois de uma mensagem ser reenchaminhada no WhatsApp, supostamente por um guarda real, onde se podia ler que a monarca, no poder há quase 68 anos, tinha morrido de ataque cardíaco no domingo de manhã. Na mensagem que foi enviada por um utilizador com o nome de “Gibbo”, podia ainda ler-se que o anúncio seria feito esta segunda-feira às 9h30 – algo que não se concretizou.

O anúncio foi, entretanto, desmentido pelo site Royal Central, que trata das notícias da realeza britânica, do Estado e das monarquias mundiais. Segundo a publicação, a rainha está “viva e bem de saúde”, e as mensagens não passaram de “rumores maldosos”.

“Na verdade, Sua Majestade teve uma boa noite nas vésperas do seu próximo grande evento, marcado para terça-feira, onde vai receber o Presidente Trump e outros líderes mundiais no Palácio de Buckingham. Desde os anos 60 que o protocolo a cumprir na morte da Rainha Isabel II está delineado.

Ainda assim, um comité reúne-se três vezes por ano para discutir o protocolo denominado por “London Bridge”, onde está acordado que o primeiro-ministro será o primeiro a saber da morte da Rainha. Depois, a notícia será enviada para os restantes 16 Estados onde a rainha é chefe de Estado.