Internacional

Igreja na Califórnia protesta contra as políticas de imigração nos EUA e coloca Jesus, Maria e José em jaulas

 “E se esta família procurasse hoje refúgio na fronteira?”, questiona a pastora da igreja de Claremont United Methodist. 

Igreja na Califórnia protesta contra as políticas de imigração nos EUA e coloca Jesus, Maria e José em jaulas

A igreja de Claremont United Methodist, na Califórnia decidiu criar um presépio de protesto contra as políticas de imigração impostas pelos Estados Unidos e pela administração de Donald Trump.

Neste presépio, José, Maria e Jesus estão separados e presos em jaulas, comparando assim a situação de várias famílias de refugiados que procuram asilo e são separadas.

“A declaração teológica com este presépio: Numa altura em que no nosso país famílias refugiadas procuram asilo nas nossas fronteiras e são separadas contra a sua vontade, nós acreditamos na família de refugiados mais conhecida do mundo: Jesus, Maria e José, a sagrada família”, explicou no Facebook a pastora da referida igreja, Karen Clark Ristine. “E se esta família procurasse hoje refúgio na fronteira?”, questiona.

“Imaginem José e Maria separados na fronteira e Jesus, não tendo mais de dois anos, retirado à sua mãe e posto atrás das grades num centro de detenção da Guarda Fronteiriça como aconteceu a mais de 5500 crianças nos últimos três anos”, sublinha.  

 

Os comentários estão desactivados.