Sociedade

Carrinha de cooperativa circula com raposa e coelhos mortos presos ao veículo

O caso foi denunciado pelo IRA - Intervenção e Resgate Animal, através do Facebook.


Uma carrinha de uma cooperativa de distribuições de água, da freguesia Parada de Todeia, em Paredes, foi, esta segunda-feira, apanhada a circular com três animais mortos - uma raposa e dois coelhos - pendurados por uma corda no tejadilho e no espelho retrovisor.As imagens foram partilhadas no facebook pelo grupo IRA - Intervenção e Resgate Animal, que denunciou o caso.

A viatura pertence à Cadopato - Cooperativa de Água Domiciliária de Parada de Todeia, responsável por abastecer com água as casas da localidade. Questionado pelo Jornal de Notícias, o presidente da cooperativa, Armando Barbosa, explicou que é “caçador há mais de 40 anos” e que tem autorização para “caçar raposas e coelhos”. "É tudo inveja", disse à mesma fonte.

O presidente da Junta de Freguesia de Parada de Todeia, Albino Silva, afirma que só teve conhecimento da situação ao final da tarde e negou qualquer tipo de ligação entre a junta e a cooperativa, apelidando a atitude de “um ato de exibicionismo".

A GNR de Paredes afirma estar a averiguar a situação e garante que o caso pode chegar a tribunal, dependendo da avaliação por parte das autoridades. 

Os comentários estão desactivados.