Internacional

Depois de perder distinção da Time para Greta, Trump reage: "Tem de trabalhar no seu problema de controlo da raiva"

Trump não parece ter ficado agradado com escolha de Greta Thunberg para Personalidade do Ano.

Greta Thunberg foi eleita, esta quarta-feira, a Personalidade do Ano pela revista TIME, ficando à frente de nomes como Nancy Pelosi ou Donald Trump. Depois da revelação, o Presidente norte-americano não ficou indiferente e decidiu expressar a sua opinião no Twitter, considerando que a jovem ativista devia “trabalhar no seu problema de controlo da raiva”.

"Calma Greta, tem calma", começou por escrever o Presidente dos Estados Unidos naquela rede social.

As palavras de Trump não ficaram por aqui. E numa resposta indireta à publicação da TIME que revelava a distinção da ativista sueca, o chefe de Estado norte-americano considerou mesmo tratar-se de algo “ridículo”.

"Tão ridículo. Greta tem de trabalhar no seu problema de controlo da raiva, e depois ver um bom filme antigo com um amigo!", lê-se.

Recorde-se que esta não é a primeira vez que Donald Trump revela não ser o fã número 1 da ativista sueca. Em setembro, depois do discurso de Greta na cimeira do clima da ONU, marcado pela emoção da jovem, Trump descreveu-a de forma irónica. “Ela parece uma jovem rapariga muito feliz, ansiosa por um futuro brilhante e maravilhoso. Que bom ver!”.