LifeStyle

Campanha solidária. Um closet a céu aberto para aquecer as ruas de todo o país

A recolha da roupa do ‘Ruapeiro’ solidário é livre, para a qual só é necessários que as pessoas tenham consciência social, e destinada não só às pessoas que vivem na rua como também às pessoas com orçamentos apertados, que não conseguem comprar roupa.

Com o aproximar do Natal o movimento Heat the Street chega, pela quarta vez, aos portugueses. Mas este ano, o movimento foi alargado ao resto do país.

O evento solidário vai acontecer no dia 22 de dezembro e consiste na doação peças de vestuários como casacos, luvas ou mantas – no fundo, aquilo que possa aquecer – a pessoas em situação de pobreza. Apesar de no passado o evento ter tido lugar na Avenida da Liberdade, em Lisboa, este ano o objetivo é que por todo país haja peças de roupa penduradas.

A recolha da roupa do ‘Ruapeiro’ solidário é livre, para a qual só é necessário que as pessoas tenham consciência social, é destinada não só às pessoas que vivem na rua como também às pessoas com orçamentos apertados, que não conseguem comprar roupa.

Para participar basta imprimir uma etiqueta, de forma a identificar que o casaco não ficou esquecido na rua, e colocá-la na peça de vestuário. O evento convida ainda as pessoas a partilhar a ação solidária através da hashtag #heatthestreet.