Politica

André Ventura reage a críticas de Ferro Rodrigues: "Apenas os portugueses me podem silenciar"

Ferro Rodrigues acusou André Ventura de "ofender o Parlamento e a si próprio", ao utilizar a palavra "vergonha" demasiadas vezes durante as suas intervenções no plenário

Depois de Ferro Rodrigues ter acusado André Ventura de "ofender o Parlamento e a si próprio", ao utilizar a palavra "vergonha" demasiadas vezes durante as suas intervenções no plenário, esta quinta-feira, o deputado do Chega decidiu reagir aos comentários através das redes sociais.

“Fiz este juramento e tenciono cumpri-lo. Apenas os portugueses me podem silenciar pelo voto”, declarou na sua conta oficial de Facebook. “Não será nenhum presidente da Assembleia da República designado pelo PS a fazê-lo. Ainda que tente!”, acrescenta André Ventura.

Durante o debate sobre os projetos de lei e de resolução relativos à remoção de amianto dos edifícios públicos, o deputado do Chega apelidou a resposta do Governo e do PS de “vergonhosa” e sugeriu que fosse criada uma linha de financiamento para remoção do amianto dos edifícios. André Ventura recordou o anúncio do Governo para reforçar a Saúde, em 800 milhões de euros e declara que o amianto não é uma prioridade para o PS.

"É vergonhoso. Esta resolução do PS só tem uma palavra: vergonha", disse, o que levou à resposta do presidente da Assembleia da República, que acusou Ventura de ultrapassar a liberdade de expressão dos outros, "na maioria das vezes que intervém".