Vida

Marido de Goucha indignado com alojamento de migrantes em Lisboa: "Portugueses sem-abrigo vagueiam ao frio"

Jovens migrantes, que desembarcaram no Algarve, encontram-se alojados num hostel, em Lisboa, que tem protocolo com o Centro Português de Refugiados. 


Rui Oliveira utilizou as redes sociais, esta sexta-feira, para expressar a sua opinião face à notícia de alojamento, em Lisboa, do grupo de migrantes que desembarcou, na última quarta-feira numa praia no Algarve. O marido de Manuel Luís Goucha questiona a situação, fazendo referência aos sem-abrigo portugueses que necessitam de auxílio.

"'Refugiados'?! Alojados num hostel em Lisboa, enquanto isso PORTUGUESES sem-abrigo vagueiam ao frio e sem refeições. MAS QUE SOCIEDADE E ESTA", escreveu numa publicação partilhada no Instagram.

Vários seguidores comentaram a publicação, deixando inúmeras mensagens de apoio a Rui Oliveira.

Concordo plenamente Rui, os nossos só têm direito a uma sopa quente no Natal para ficar bem na fotografia!”, escreveu um utilizador.

“Infelizmente é a sociedade que temos. Vergonha”, lê-se noutro comentário. “Saiu-lhes a sorte grande”, acrescentou outro seguidor.

Recorde-se que, segundo a SIC Notícias, os jovens encontram-se alojados num hostel, em Lisboa,que tem protocolo com o Centro Português de Refugiados, à exceção de um deles, menor de idade, de 16 anos, que ficou num centro de acolhimento para refugiados menores, na Bela Vista.

O SEF tem agora 90 dias para decidir se autoriza o pedido de proteção internacional.