Sociedade

Ana Gomes acusa Isabel dos Santos de controlar Global Media "através de uma testa de ferro"

As declarações da ex-eurodeputada foram feitas no julgamento da queixa apresentada pela filha do ex-Presidente angolano, no Juízo Local Cível de Sintra, depois de esta ter acusado Isabel dos Santos de lavagem de dinheiro, através da sua conta de Twitter.

A ex-eurodeputada Ana Gomes acusou, esta terça-feira, a empresária Isabel dos Santos de “controlar através de uma testa de ferro a Global Media”, grupo a que pertencem os jornais Jornal de Notícias, Diário de Notícias e a rádio TSF, avança o Observador.

As declarações da socialista foram feitas no julgamento da queixa apresentada pela filha do ex-presidente angolano, no Juízo Local Cível de Sintra depois de Ana Gomes a ter acusado de lavagem de dinheiro, através da sua conta de Twitter.

Segundo o Observador, Ana Gomes revelou ainda que apresentou uma queixa à Procuradoria-Geral da República, à diretora da Autoridade Tributária às instâncias europeias com “elementos concretos” contra a empresária, no passado dia 12 de novembro. 

Recorde-se que depois de uma entrevista à agência Lusa, onde Isabel dos Santos disse trabalhar com muitos bancos e ter “muitas dívidas” e muito “financiamento por pagar”, Ana Gomes reagiu no Twitter acusando a empresária de lavagem de dinheiro. “Isabel dos Santos endivida-se muito porque, ao liquidar dívidas, ‘lava’ que se farta! E os bancos querem ser ressarcidos, só em teoria cumprem a AMLD [a diretiva europeia de combate à lavagem de dinheiro]. E o Banco de Portugal não quer ver”.

Além deste tweet, seguiram-se várias acusações através da rede social a Isabel dos Santos. "Há aí quem me acuse de não comunicar às autoridades as razões/provas por que reitero que Isabel dos Santos branqueia capitais de Angola através da banca em Portugal. Enganam. Estou farta de o fazer, em documentos que publiquei. Só não vê quem não quer”, escreveu noutro tweet a ex-eurodeputada. 

Isabel dos Santos acusou Ana Gomes de denegriar a sua imagem, bom nome e reputação com afirmações falsas e decidiu avançar com uma queixa contra a ex-eurodeputada. Questionada pela juíza sobre qual era “a sua ideia” quando escreveu os tweets,  Ana Gomes respondeu dizendo que era a sua “obrigação” depois de ver “uma pessoa como a Isabel dos Santos a armar-se em coitadinha”. “Se é a mulher mais rica de África, para que é que precisa de fazer empréstimos?”, questionou.

Ana Gomes disse ainda saber que existem várias pessoas que utilizam Portugal “para lavar dinheiro, em roubo do povo angolano”.”Não posso compactuar com esta criminalidade, nem com os intermediários que são participantes, coniventes”, afirmou ainda.

Isabel dos Santos não tardou a reagir às acusações de Ana Gomes e numa declaração enviada à agência Lusa disse que a mesma "tem vindo, há vários anos, a fazer uma campanha politicamente motivada, negativa e falsa" contra si.