Economia

Banco de Portugal prevê crescimento de 1,7% em 2020

Boletim Económico da entidade melhora previsões em relação a junho. Números do Banco de Portugal são mais pessimistas que os do Governo.

O Banco de Portugal prevê um crescimento de 1,7% da economia portuguesa para o próximo ano. O Boletim Económico de dezembro do Banco de Portugal revê, assim, em alta, em comparação com os 1,6% previstos no relatório da entidade divulgado em junho.

Ainda assim, este crescimento fica aquém da previsão do Governo, que aponta para um aumento do PIB de 1,9% no Orçamento do Estado para 2020.

O boletim do Banco de Portugal justifica o otimismo com o aumento da procura interna, tendo por base a subida do salário mínimo, dos 600 para os 635 euros.

Em 2019, a economia deverá crescer 2%, entrando numa fase de sacelaração já a partir de 2020. Segundo o Banco de Portugal, esta tendência deverá manter-se nos anos seguintes.