Desporto

Gabigol fala sobre passagem falhada pelo Benfica: "Não me deixaram jogar"

Jogador brasileiro faz ainda revelação curiosa. "Estou a tentar trazer o André Almeida e o Pizzi para o Flamengo".

 


Após a vitória do Flamengo, por 3-1, sobre o Al-Hilal, Gabriel Barbosa (ou Gabigol), que apesar de não ter marcado neste encontro das meias-finais tem sido ao longo da época peça-chave no plantel de Jorge Jesus, comentou a sua passagem pouco vistosa pelo Benfica.

“Não me deixaram jogar. Joguei algumas vezes, até conseguir marcar golo, mas não me deram muitas oportunidades”, disse o avançado brasileiro, que fez um golo na sua passagem pelos encarnados, entre o verão de 2017 e janeiro de 2018.

Apesar de não ter deixado saudades na Luz, em que a alcunha do atacante chegou até ser posta em causa, o jovem de 23 anos mostrou carinho pelo clube encarnado e fez até uma revelação. 

“Mas aquela equipa [Benfica] está no meu coração. Guardo com muito carinho a minha passagem pelo Benfica. A Luz é muito linda. Fui muito feliz. Tive grandes companheiros maravilhosos como o Luisão, o Jonas, o Rafa, o Pizzi. É um grupo muito bom e torço muito por eles”. "Adaptei-me muito bem aos companheiros e ainda falo com eles. Falei com o André Almeida e com o Pizzi estes dias. Estou a tentar trazê-los para o Flamengo. Espero que eles possam vir no próximo ano", adiantou.

Depois de deixar o Benfica, Gabigol fez 27 golos em 52 jogos pelo Santos e esta época leva 43 apontados em 59 partidas com a camisola do Flamengo.