Sociedade

Garcia de Orta. Urgência pediátrica pode reabir "já em janeiro"

Presidente da Câmara de Almada esteve reunida com a ministra da Saúde.

Inês de Medeiros, presidente da Câmara Municipal de Almada, admitiu, esta quarta-feira, que a urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta pode reabrir “já em janeiro”.

"O compromisso é que as urgências pediátricas em período noturno vão reabrir",disse a autarca, citada pela agência Lusa, depois de uma reunião com a ministra da Saúde, Marta Temido, admitindo que o serviço pode voltar à normalidade "já em janeiro".

A possibilidade deve-se ao facto de terem sido contratadas duas recém-especialistas - uma entrou ao serviço este mês e outra irá começar a 6 de janeiro –, bem como facto de esta sexta-feira ser publicada a abertura de um concurso com cinco novas vagas na pediatria para o Hospital Garcia de Orta.

Marta Temido já havia revelado, na terça-feira, que esta semana ia abrir um concurso para a colocação de especialistas de segunda época e que as vagas atribuídas ao Garcia de Orta seriam suficientes para "a reabertura do serviço de urgência em plena capacidade".

Recorde-se que a urgência pediátrica noturna do Hospital Garcia de Orta tem encerrado todas as noites desde o dia 18 de novembro, entre as 20h00 e as 08h00, devido à falta de pediatras.

Esta quarta-feira, o hospital revelou que, entre 18 de novembro e 16 de dezembro, foram atendidas 720 crianças nas unidades de saúde da Amora, no Seixal, e da Rainha Dona Leonor, em Almada - centros de saúde cujo horário foi alargado para dar resposta ao encerramento da urgência pediátrica do Garcia de Orta- no entanto, apenas 18 "foram transferidas para um serviço de urgência hospitalar".