Internacional

Menino que vive com mãe vítima de violência doméstica pede um "pai muito muito muito bom" ao Pai Natal

Mãe e filho estão num abrigo.

Dreamstime

Blake tem apenas sete anos mas é o autor de uma carta de partir o coração. A mãe do menino encontrou na sua mochila uma carta dirigida ao Pai Natal em que pedia, além de um dicionário e de um relógio, “um pai muito muito muito bom”.

A história foi partilhada pela SafeHaven, um abrigo para vítimas de violência doméstica e situações abusivas, onde se encontram Blake e a mãe, localizado no condado de Tarrant, no Estado norte-americano do Texas. O abrigo garantiu que ambos “estão seguros”.

“Querido Pai Natal, tivemos de sair de casa. O pai estava chateado. Tivemos de refazer tudo. O pai ficou com tudo o que queríamos. A mãe disse que estava na altura de sair e que nos ia levar para um sítio seguro onde não tínhamos de estar assustados”, começou por escrever.

“Eu continuo nervoso. Não quero falar com outras crianças. Vais vir este Natal? Nós não temos nada nosso aqui, Podes trazer-me livros de capítulos, um dicionário, uma bússola e um relógio? Eu  também quero um pai muito muito muito bom. Consegues fazer isso também?”, escreveu.

Ao The Post, Micah Thompson, diretora de marketing da SafeHaven, disse que teve permissão da mãe de Blake para publicar a carta e que eles não imaginavam a atenção que esta iria receber.