Sociedade

Mulher de 62 anos acusada de maus tratos a idosos em Vila Nova de Gaia

A suspeita geria um lar de idosos ilegal. No local, encontravam-se "11 idosos, três dos quais acamados, todos eles sem as condições estipuladas legalmente e necessárias para este tipo de lares".


Uma mulher de 62 anos, foi detido, esta sexta-feira, suspeita de maus tratos a idosos, em Vila Nova de Gaia. A mulher é acusada de 14 crimes de maus tratos e cinco crimes de desobediência.

A GNR realizou um mandado de detenção e um mandado de busca domiciliária a uma  residência em Pedroso, no concelho de Vila Nova de Gaia, onde funcionava um lar de idosos ilegal, gerido pela suspeita. No local, encontravam-se "11 idosos, três dos quais acamados, todos eles sem as condições estipuladas legalmente e necessárias para este tipo de lares, o que levou ao seu imediato encerramento e ao encaminhamento de todos os idosos para as respetivas famílias e outras instituições", pode ler-se num comunicado das autoridades.

A mulher foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação mais gravosa: a de prisão preventiva. Além disso, esta está proibida de contactar com as vítimas e demais testemunhas do processo.