Cultura

Sede do grupo Porta dos Fundos alvo de ataque

 Recorde-se que o grupo de humoristas tem sido alvo de várias criticas devido ao Especial de Natal da Porta dos Fundos, onde Jesus é retratado como homossexual. 

O prédio onde está instalada a produtora do grupo de humor brasileiro Porta dos Fundos foi alvo de um ataque, na madrugada desta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Segundo avançou a Globo, dois cocktails molotov foram atirados para a fachada do edifício.

O segurança conseguiu evitar que o fogo se propagasse, impedindo assim um incidente mais grave. Graças à ação rápida do homem, as chamas atingiram apenas a receção e o quintal do edifício.  “A avaliação dos integrantes do grupo é e a de que, caso não houvesse um segurança no local, todo o prédio teria sido incendiado. O fogo foi contido por um funcionário que estava no prédio”, escreve o Globo.

 Recorde-se que o grupo de humoristas tem sido alvo de várias criticas devido ao Especial de Natal da Porta dos Fundos, onde Jesus é retratado como homossexual. Além de uma petição online para retirar o filme da plataforma Netflix, que arrecadou mais de um milhão de assinaturas, a Igreja, a Associação Nacional de Juristas Islâmicos e até o filho do Presidente brasileiro Eduardo Bolsonaro criticaram a produção.

Numa nota enviada aos meios de comunicação brasileiros, o grupo Porta dos Fundos “condena qualquer ato de ódio e violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmaras de segurança para as autoridades e espera que os responsáveis pelos ataques sejam encontrados e punidos”. Além disso, afirmam que, mesmo atacados, o grupo está ainda "mais unido, mais forte e mais inspirado pela liberdade de expressão”, pode ler-se na nota. 

O caso está a ser tratado como crime de explosão. “A perícia foi realizada no local e a equipe do Esquadrão Antibombas arrecadou fragmentos dos artefactos para análise. Diligências estão em andamento para esclarecer o caso”, escreve o site UOL, citando fonte policial.