Vida

Estação televisiva canadiana corta cena de Trump no filme Sozinho em Casa

Vários apoiantes de Trump apelidaram a atitude da CBC de “patética”.

A transmissão do filme Sozinho em Casa 2: Perdido em Nova Iorque, por parte da Canadian Broadcasting Company, no Canadá, gerou polémica entre os apoiantes do Presidente norte-americano, Donald Trump.

Na época de Natal, a estação televisiva transmitiu o filme, no entanto, retirou a cena onde Donald Trump aparece, a indicar o caminho a Macaulay Culkin sobre como chegar à entrada do Plaza Hotel.

Vários apoiantes de Trump apelidaram a atitude da CBC de “patética”, no entanto a estação televisiva já veio a público esclarecer a situação: o filme de 1992 foi editado em 2014, onde foram realizados cortes de oito minutos de filme, para conseguir “arranjar espaço para os anúncios publicitários”, segundo a CBC, citada pelo The Guardian.

 "A cena com Donald Trump foi uma das várias que foram cortadas, uma vez que nenhuma delas era essencial ao argumento. Estes cortes foram feitos em 2014 quando adquirimos os direitos do filme e antes de Trump ter sido eleito presidente", assegurou o porta-voz Chuck Thompson.

Trump já reagiu, no Twitter. "O filme nunca mais vai ser o mesmo! (Estou a brincar)", escreveu.