Vida

Vendeu nudes e angariou mais de 270 mil euros para ajudar no combate aos incêndios na Austrália

Kaylen prometeu enviar uma fotografia sem roupa a cada pessoa que provasse ter doado 10 dólares.

Uma jovem modelo conseguiu angariar mais de 270 mil euros para ajudar no combate aos incêndios na Austrália vendendo nudes de si própria. Kaylen Ward utilizou o Twitter este sábado para dizer que enviaria uma fotografia nua para todas as pessoas que doassem 10 dólares, aproximadamente 9 euros, a instituições ou organizações que estivessem a trabalhar no combate aos incêndios florestais que estão a assolar a Austrália.

A oferta explodiu e milhares de pessoas confirmaram através de emails as suas doações que se destinaram, por exemplo, à Cruz Vermelha e a vários hospitais que estão a tratar de coalas. Em menos de um dia, Kaylen Ward já tinha ajudado a doar mais de 270 mil euros.

No entanto, a boa vontade de Kaylen, que tem mais de 50 mil seguidores nas redes sociais, não foi bem aceite por todos. No Twitter, a modelo revelou que o Instagram desativou a sua conta e que a família lhe deixou de falar.

“Vi tanta cobertura da comunicação social sobre outras coisas, como quando Notre Dame incendiou e muitas pessoas estavam a falar sobre isso e a fazer doações, mas não vi muita gente a fazer isso pela Austrália”, disse.

"O meu Intagram foi desativado, a minha família deserdou-me e o rapaz de quem gosto não fala comigo por causa desse tweet.. Mas f******, salvem os coalas", acrescentou.