Sociedade

Homem abusava de sobrinha menor e "oferecia-lhe guloseimas" para "garantir o seu silêncio" em Viseu

Caso ocorreu na zona de Viseu.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta terça-feira, a detenção de um homem, de 37 anos, por alegados crimes de abuso sexual de uma familiar menor, na zona de Viseu.

Segundo fonte policial, citada pela agência Lusa, o suspeito é tio da vítima, que atualmente tem 14 anos. A denúncia dos factos partiu de um centro de Saúde onde a jovem foi “assistida por suspeitas de gravidez" , que não se confirmaram.

De acordo com a mesma fonte, os crimes começaram quando a vítima tinha 12 anos, na casa da família da criança.

"Para garantir o seu silêncio, o tio ameaçava a vítima e oferecia-lhe algumas guloseimas", revelou a fonte.

O homem foi detido na segunda-feira e de acordo com a agência noticiosa, a vítima, membro de "uma família disfuncional e com grandes dificuldades económicas", foi institucionalizada na sequência do alerta das autoridades de saúde.

Em comunicado, a PJ adiantou que o detido, desempregado, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.