Sociedade

Suspeitos do homicídio de jovem no Campo Grande ficam em prisão preventiva

Os suspeitos, de 16,17 e 20 anos, tinham sido detidos esta segunda-feira.

Os três suspeitos do homicídio de um jovem, de 24 anos, no Campo Grande, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, avança o Jornal de Notícias.

Os suspeitos, de 16,17 e 20 anos, tinham sido detidos esta segunda-feira pela Polícia Judiciária, que apreendeu ainda a arma utilizada nos factos delituosos. Os três jovens, que já estavam referenciados pela PSP, são de nacionalidade guineense e acabaram por confessar o envolvimento no crime, revelou o JN. 

Segundo o i apurou, a investigação da PJ foi levada a cabo pelo cruzamento de processos relativos a roubos que tinham dado entrada na PSP, e que ainda não tinham sido encaminhados, e de imagens das câmaras de vigilância que permitiram identificar os suspeitos.

Pedro Fonseca tinha 24 anos e terminara recentemente o curso de Engenharia Informática. Depois de um jantar no Campo Grande, o jovem dirigia-se para o carro quando foi alvo de uma tentativa de assalto. Tentou resistir e acabou por ser esfaqueado, junto à Faculdade de Ciências de Lisboa.