Internacional

Televisão iraniana falou na morte de 80 "terroristas americanos". Mas voltou atrás

No entanto, uma repórter da CBS adiantou que a própria estação iraniana admitiu que a informação sobre o número de vítimas mortais requeria mais esclarecimentos.

A televisão pública iraniana anunciou, esta quarta-feira, que os ataques às bases militares norte-americanas que ocorrem durante a madrugada, no Iraque, mataram, pelo menos, 80 “terroristas americanos”.

Mais tarde, o mesmo canal acabou por voltar atrás e dizer que ainda estavam à espera de “esclarecimentos” sobre os ataques a Al Asad e Erbil, as duas bases atacadas.

Recorde-se que o ataque ocorreu durante esta madrugada por volta da 1h20. Pelo menos 12 mísseis foram lançados pelas forças iranianas, que dizem que com este ataque ficou "concluída" a vingança da morte do general Qasem Soleimani.