Internacional

Relatório preliminar revela que avião que caiu em Teerão tentava voltar para aeroporto

A investigação revelou ainda que a tripulação não tentou pedir ajuda via rádio.

Um relatório preliminar elaborado pelas autoridades de aviação civil iranianas revelou que o avião que caiu ao início da manhã de quarta-feira, em Teerão, estava a tentar voltar para o aeroporto quando se incendiou. O documento divulgado, esta quinta-feira, revela ainda que a tripulação não tentou pedir ajuda via rádio.

Os investigadores acrescentam ainda que a explosão aquando do embate do avião se deveu ao facto de haver muito combustível no aparelho. As primeiras indicações continuam a apontar para um problema técnico com o avião, que tinha, no início da semana, uma revisão agendada

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky enviou investigadores ucranianos até ao Irão, segundo o Guardian, de forma a participarem e a apurarem as causas da queda do avião, que pertencia a uma companhia aérea ucraniana. O relatório revelou ainda que partes da informação das caixas negras do avião ficaram perdidas.

Recorde-se que o avião caiu poucos minutos depois de levantar voo, matando 176 pessoas a bordo. A queda aconteceu horas depois de duas bases norte-americanas no Iraque serem atacadas por mísseis iranianos.