Sociedade

Sócrates pede 50 mil euros ao Estado

Sócrates entende ter existido até aqui um “mau funcionamento da administração da Justiça”

O antigo primeiro-ministro José Sócrates quer uma indemnização de 50 mil euros do Estado pela demora em tomar um decisão durante a fase de instrução do processo da Operação Marquês.

Sócrates entende ter existido até aqui um “mau funcionamento da administração da Justiça”. O mesmo é acusado de 31 crimes de corrupção passiva, branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e falsificação de documento.