Vida

Erupção do vulcão Taal não impede casal de dar o nó

O casal deu o nó a 16 quilómetros do vulcão.

Chino e Kat Vaflor não deixaram uma catástrofe natural impedi-los de dar o nó. Apesar do vulcão Taal ter entrado em erupção, este domingo, o casal manteve a cerimónia no local previsto: a 16 quilómetros do vulcão.

As imagens captadas pelo fotógrafo Randolf Evan, e partilhadas na sua página oficial de Facebook, já geraram diversos elogios ao seu trabalho. As fotografias mostram um cenário de nuvens cinzentas causadas pela erupção, como pano de fundo da cerimónia.

O casal admite que esteve durante toda a cerimónia a verificar a evolução do vulcão e que tinham um plano para caso "acontecesse o pior". "Na verdade estávamos nervosos porque, enquanto preparávamos tudo, estávamos constantemente a verificar as nossas redes sociais para nos mantermos atualizados sobre a erupção do vulcão. Portanto estávamos conscientes dos alertas e dos níveis de escala que estavam a ser atualizados em tempo real", explicaram à CNN.