Desporto

Luis Maximiano e Wendel voltam a testemunhar depois de falhas na gravação

Os dois jogadores do Sporting testemunharam dia 9 de dezembro.

Luis Maximiano e Wendel vão voltar a testemunhar, esta terça-feira, no âmbito do processo do ataque à Academia do Sporting. Segundo a agência Lusa, os testemunhos do guarda-redes e médio, gravados no dia 9 de dezembro, ficaram com falhas.

Os dois jogadores do Sporting vão ao Tribunal do Montijo testemunhar durante a tarde, no mesmo dia que, durante a manhã, vão testemunhar, durante a manhã, no Tribunal de Monsanto, João Reis, roupeiro, e Hugo Fontes, fisioterapeuta.

Também para esta semana está prevista a audição de João Rolan, do staff do clube, e o agora futebolista do Valência, o italiano Cristiano Piccini.

Recorde-se que o processo, que está a ser julgado no Tribunal de Monsanto, tem 44 arguidos, acusados da coautoria de 40 crimes de ameaça agravada, 19 crimes de ofensa à integridade física qualificada e de 38 crimes de sequestro.