Sociedade

Desaparecimento misterioso de Fernando Conde em Guimarães

Polícia já localizou as antenas onde o telemóvel apanhou rede depois de ter dito à mulher que ia ter com um cliente na noite da última quarta-feira. Buscas concentraram-se ontem no rio Ave.


Fernando Conde, um conhecido empresário do setor eletrotécnico de Guimarães, está desaparecido desde a última quarta-feira, quando, às 20h, terá dito à mulher que ia ter com um outro empresário da região, Tony, antigo proprietário da conhecida discoteca da cidade Penha Club. O motivo seria um serviço que ia prestar.

A família diz que nunca mais soube nada de Fernando Joaquim Ferreira, de 63 anos – que ganhou o apelido de Conde porque os pais descenderiam dos condes de Oliveira. Mas o sinal do telemóvel, ao que o i apurou, tem sido fundamental para a investigação em curso e que ontem contou com diversas buscas junto a Caldas das Taipas, perto do rio Ave. No local estiveram duas corporações de bombeiros, elementos da Polícia Judiciária de Braga e uma brigada cinotécnica (com cães) da GNR de Guimarães.

O cliente de Fernando Conde, com quem supostamente este iria encontrar-se, reside em Caldas das Taipas. Ao que o i apurou, a família terá já dito às autoridades que desconhece a existência de qualquer inimigo de Fernando Conde e também já será certo que não foram feitos movimentos nas suas duas contas bancárias desde que desapareceu – para o alegado encontro só levou um cartão, inclusivamente.

Leia o artigo completo aqui