Internacional

Teerão vai enviar caixa negra de avião abatido para Kiev

Para além da ajuda da Ucrânia, também especialistas franceses e norte-americanos vão analisar, em Kiev, o material.

O Governo iraniano vai enviar as gravações da caixa negra do avião abatido, na madrugada de 8 de janeiro, e que levava a bordo 176 pessoas.

O chefe de investigações de acidente do departamento de aviação civil iraniano, Hassan Rezaeifer, explicou que era impossível ler as caixas negras no Irão sem ajuda. Para além da ajuda da Ucrânia, também especialistas franceses e norte-americanos vão analisar, em Kiev, o material.

Recorde-se que, inicialmente, Teerão rejeitou a tese de que o desastre tinha sido causado pelos mísseis utilizados no ataque às bases norte-americanas no Iraque, na mesma madrugada. Dias depois, o Presidente do Irão, Hassam Rohani, afirmou que o país "lamentava profundamente" ter abatido o avião civil, sublinhando tratar-se de "uma grande tragédia e de um erro imperdoável".