Politica

Livre. Joacine acredita que é possível melhorar a relação com o partido e está disposta a fazer cedências

Recorde-se que, este sábado, Joacine disse que todas as acusações que o partido fez sobre si, como não ter ouvido as pessoas, não ter sido leal ao partido ou desrespeitar o que foi decidido são mentira

Joacine Katar Moreira disse, este domingo, estar disponível para ceder no que for necessário para melhor a sua relação com os órgãos do partido. No final do IX Congresso do Livre, a deputada única do partido disse que “esta época irá obviamente ser uma época ainda um bocado agitada” e que para haver melhorias na relação, ambas as partes vão ter de se encontrar “imensamente” e “regularmente”, bem como decidir “o que é preciso alterar, o que se pode melhorar"

"E, especialmente, é preciso que haja cedências de parte a parte, e eu ainda estou disponível para isso”, comprometeu-se afirmando que irá fazer o necessário “para não inviabilizar a confiança que os eleitores depositaram” no Livre. 

Joacine não deixa no entanto de sublinhar que  "qualquer cedência" precisa de ser no que diz respeito ao seu trabalho e "precisa de ser obviamente com base na verdade absoluta”, alertou.

Recorde-se que, este sábado, Joacine disse que todas as acusações que o partido fez sobre si, como não ter ouvido as pessoas, não ter sido leal ao partido ou desrespeitar o que foi decidido são mentira. "Isto é inadmissível, isto é mentira, tenham vergonha, mentira absoluta!", disse de forma exaltada a deputada, durante o Congresso do Livre.