Internacional

Mulher fotografada com filho preso por 'coleira'. "É para segurança dele"

A mulher já veio a público defender-se e adianta que irá apresentar queixa contra a pessoa que a fotografou.

A fotografia de uma mãe, acompanhada pelo seu filho, está a gerar polémica nas redes sociais. A mulher foi fotografada a olhar para o telemóvel, enquanto o seu filho está preso por uma coleira.

O caso ocorreu na semana passada, em Minas Gerais, no Brasil. “Quando você pensa que já viu de tudo, aparece uma mulher com o filho na coleira para mexer no telemóvel. Estamos do avesso mesmo”, escreveu a pessoa que partilhou a história em primeira mão, através do seu Facebook.

A mulher já veio a público defender-se e adianta que irá apresentar queixa contra a pessoa que a fotografou. “Está a circular uma foto minha com o meu filho na coleira e eu no telemóvel. Primeiro, o meu filho é autista, ele não entende que é para ficar perto de mim. Ele sai a correr para o meio da rua. Segundo, eu estava parada a pedir um motorista. As pessoas não entendem, isso é para proteção e segurança dele. Eu vou apresentar queixa para chegar a quem fez isso. A pessoa que me expôs nas redes sociais sem saber nada da minha vida”, escreveu Amanda Massoni, de 27 anos.

"Uma conhecida minha perguntou se eu tinha visto a minha fotografia na internet. Um primo tinha enviado para ela. Eu saí a chorar. Fiquei muito mal e triste. Vim para casa, ela enviou-me a foto e eu partilhei na minha página de Facebook explicando a todos que o meu filho é autista. Fomos totalmente expostos. Mas a pessoa que tirou a foto não”, explicou Amanda.

A mãe do menino afirma ainda que a 'coleira' é uma "mochila guia" feita para crianças. “Todas as vezes que saio com o meu filho para lugares movimentados, uso a mochila guia pois o meu filho não tem noção do perigo. Ele corre e morro de medo. Ele não gosta que eu o segure pelas mãos. Com mochila guia ele fica mais à vontade e protegido. Ele tem três anos e o grau de autismo dele é de leve a moderado”, justifica.

Muitos dos seguidores de Amanda pediram desculpas à mãe do menino, por terem tirado justificações precipitadas e dão-lhe os parabéns por se preocupar tanto com a segurança do filho. A publicação já obteve mais de 30 mil partilhas.