Sociedade

Fortes ventos e queda de árvores afetaram rede elétrica no centro do país

Municípios de Castro Daire, Pampilhosa da Serra e Mangualde foram os mais afetados.

DR  

As fortes rajadas de vento, associadas à depressão Glória, provocaram danos significativos na rede elétrica, nos distritos de Castelo Branco, Guarda, Coimbra e Viseu, levando à interrupção do fornecimento de energia, anunciou a EDP Distribuição, esta segunda-feira.

Em comunicado, a EDP Distribuição refere que os municípios de Castro Daire, Pampilhosa da Serra e Mangualde foram os mais afetados “com 28 linhas de Média Tensão inoperacionais, a grande maioria devido à queda de árvores”.

“Face às condições meteorológicas e ao seu impacto na rede elétrica, a EDP Distribuição ativou o seu Plano Operacional de Atuação em Crise, mobilizando 150 operacionais, apoiados por 100 viaturas, para a resolução de todas as avarias e consequente reposição do fornecimento de energia elétrica”, explica a mesma nota.

Os trabalhos vão continuar e está previsto que a maior parte das situações identificadas sejam resolvidas até ao final desta segunda-feira. “A alimentação dos casos considerados mais críticos está a ser assegurada com recurso a 25 geradores instalados pela empresa”.