Internacional

Dirigente do Daesh com 254 quilos foi detido no Iraque e teve de ser transportado de camião

Abu Abdul Bari não pôde ser transportado num veículo ligeiro.

Um dirigente do autoproclamado Estado Islâmico foi detido por uma equipa do corpo de intervenção da polícia norte-americana (SWAT), em Mossul, no Iraque, anunciaram os serviços de segurança do governo iraquiano, num comunicado citado pela Sky News, esta segunda-feira.

Abu Abdul Bari, conhecido como Shifa al-Nima, pesa 254 quilos e, por isso, teve de ser transportado num camião. Depois da detenção, várias foram as imagens que mostram aquele que é considerado como uma das figuras mais importantes do Daesh.

De acordo com a Sky News, que refere que não foi revelado como foi desencadeada a operação que levou à detenção de Abu Abdul Bari, o homem era especialista em leis religiosas e emitiu vários fatwas – decretos legais - que levaram à morte de pessoas que se recusaram a jurar lealdade ao grupo terrorista.

Majid Nawaz, fundador do grupo anti-extremista londrino Think Quilliam, confirmou através do Facebook que Bari "teve que ser levado pela polícia na parte de trás de um camião".