Sociedade

Passageiros chineses não foram alvo de rastreio quando chegaram ao aeroporto de Lisboa

O surto do vírus designado 2019-nCoV já fez 25 vítimas mortais, número atualizado esta quinta-feira, sendo que já há 616 pessoas infetadas, segundo dados das autoridades chinesas.

Um voo do centro da China chegou ao aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, esta quinta-feira.

Os passageiros afirmam que não foram alvo de rastreio quando chegaram à capital, em declarações à TVI24. No entanto afirmam que antes de embarcarem foram analisados. 

O surto do vírus designado 2019-nCoV já fez 25 vítimas mortais, número atualizado esta quinta-feira, sendo que já há 616 pessoas infetadas, segundo dados das autoridades chinesas, citados pela imprensa internacional. Ao mesmo orgão de comunicação, os passageiros que chegaram a Lisboa dizem estar preocupados com a sua família e com a rápida propagação do vírus. 

Há casos confirmados, além de na China Continental, em Macau, Hong Kong, Taiwan, Coreia do Sul, Japão, Tailândia e Estados Unidos.