Internacional

Coronavírus. Emergência internacional não é para já

Pelo menos 18 pessoas já morreram devido a este coronavírus e cerca de 630 pessoas estarão infetadas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), anunciou, esta quinta-feira, que o novo coronavírus, com origem na China, não vai ser declarado como uma emergência global de saúde pública - pelo menos, para já.

A decisão foi tomada em Genebra, na Suíça, depois de, na quarta-feira, dia em que estava agenda a tomada de decisão, a equipa não ter chegado a nenhuma conslusão, tendo sido obrigada a prolongar o encontro durante mais um dia.

Na conferência de quarta-feira, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, esclareceu que há provas de que a transmissão acontece de epssoa para pessoa, apesar de não haver provas de que isso ocorro de forma sustentada, ou seja, de que existe uma espécie de cadeia de transmissão que vai dando origem a casos secundários ou terciários.

A organização garantiu ainda que o Governo chinês está a agir da forma correta, em termos de medidas de prevenção, que já passam por fazer uma triagem nos aeroportos. Através de um sistema sensasorial, é medida a febre dos viajantes enquanto estes se deslocam pelo aeroporto.

Pelo menos 18 pessoas já morreram devido a este coronavírus e cerca de 630 pessoas estarão infetadas.