Sociedade

Isabel dos Santos: "Sempre operei dentro da lei"

A empresária angolana foi constituída arguida no caso Luanda Leaks, esta quarta-feira.

Isabel dos Santos deu uma entrevista à agência Reuters onde se defendeu das acusações no âmbito do caso Luanda Leaks.

Esta quinta-feira, a empresária angolana quis "clarificar a posição em relação às últimas acusações". "Sempre operei dentro da lei e todas as minhas transações comerciais foram aprovadas por advogados, bancos, auditores e reguladores", acrescentou, em comunicado enviado à agência Reuters.

A empresária foi constituída, esta quarta-feira, arguida pela Procuradoria-Geral da República de Angola por alegada má gestão e desvio de fundos durante a gestão da petrolífera Sonangol. Helder Pitta Grós, procurador angolano, esteve reunido com a sua homóloga portuguesa, Lucília Gago. À saída da reunião, não foram prestadas quaisquer declarações.