Internacional

Polícia com VIH violou mulher que mandou parar no trânsito

Autoridades norte-americanas suspeitam da existência de mais vítimas.

Um polícia, do estado norte-americano de Maryland, foi detido por suspeitas de violar uma mulher, depois de a mandar parar no trânsito.

O caso ocorreu em setembro do ano passado. Segundo a polícia, Martique Vanderpool, de 30 anos, e um colega terão mandado uma mulher parar na cidade de Capitol Heights e acabaram por a deter e rebocar o carro. A mulher foi levada para o Departamento de Polícia de Fairmount Heights, onde Vanderpoool a forçou a práticas sexuais sob ameaça de ser presa.

A vítima terá obedecido e o polícia levou-a ao estacionamento e recuperou o carro.

O homem viria a ser detido em dezembro, antes de renunciar à força de segurança. Após uma investigação, a polícia descobriu ainda que Vanderpool é seropositivo. Uma ex-namorada do homem denunciou que este soube o diagnóstico em 2015.

As autoridades não quiseram revelar se a vítima contraiu ou não VIH.

A investigação continua e a polícia parece suspeitar de que o homem tenha feito mais vítimas. As autoridades pediram a pessoas que tenham sido agredidas sexualmente por Vanderpool ou que tenham tido contacto sexual com este, sem saber da sua condição, que denunciem.