Internacional

Sobe para três o número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus em França

É o primeiro país europeu onde o vírus foi identificado.

Depois de, em conferência de imprensa, a ministra da Saúde francesa ter confirmado a existência de dois casos de pacientes infetados com o novo coronavírus, Agnès Buzyn confirmou a existência de um outro caso, sobre o qual ainda não são conhecidas muitas informações.

O primeiro caso foi registado em Bordéus, onde um homem com febre e tosse, sintomas associados ao coronavírus, se deslocou ao hospital. O diagnóstico foi confirmado e um homem de 48 anos foi tratando e, segundo a ministra, encontra-se "em observação". De acordo com a publicação francesa Le Parisien,  o doente veio recentemente da China, de onde é natural, e onde esteve em contacto com pessoas de Wuhan, cidade onde o coronavírus teve origem. Antes de chegar a França, o paciente passou pela Holanda.

O segundo caso foi registado em Paris, onde o doente foi tratado e está hospitalizado."Sabemos que essa pessoa viajou para a China, mas não sabemos se esteve em Wuhan", acrescentou Agnès Buzyn, alertando os cidadãos para que os viajantes que regressem ao país liguem para o número de emergência médica "ao mínimo sinal".