Politica

PSD quer que manuais escolares deixem de ser gratuitos para todos os alunos do ensino público

Com este objetivo, o partido, liderado por Rui Rio, pretende abranger a oferta dos manuais escolares a alunos do ensino privado, cujas famílias também apresentam dificuldades financeiras

O PSD propôs, esta segunda-feira, que os manuais escolares deixassem de gratuitos para todos os alunos que frequentam escolas públicas e passassem apenas a ser oferecidos a “famílias que efetivamente necessitam desse apoio”. Com este objetivo, o partido, liderado por Rui Rio, pretende abranger a oferta dos manuais escolares a alunos do ensino privado, cujas famílias também apresentam dificuldades financeiras. De acordo com o deputado Álvaro Almeida, o partido pretende que exista uma "redistribuição em função das necessidades das famílias e não das escolas". 

No documento entregue esta tarde com as propostas do partido, o PSD afirma querer alterar a "iniquidade na proposta de manuais escolares gratuitos, por forma a que se aplique às famílias que efetivamente necessitam desse apoio e assegurar a igualdade de tratamento de todos os estudantes, independentemente do estabelecimento escolar que frequentem", pode ler-se no documento entregue esta tarde, com várias propostas do PSD com alterações ao OE2020.