Internacional

Governo de Wuhan admite que 5 milhões de pessoas abandonaram a cidade antes de isolamento

Recorde-se que uma enfermeira que está a ajudar os infetados na cidade de Wuhan lançou um vídeo no YouTube, onde acusa as autoridades de estarem a ocultar o verdadeiro número de pessoas infetadas

O Governo da cidade de Wuhan admitiu, este domingo, que cerca de cinco milhões de pessoas abandonaram a cidade antes de esta ficar em isolamento, na passada quarta-feira. Depois do aparecimento do novo coronavírus, que já provocou mais de oitenta mortes e deixou milhares de pessoas infetadas, vários cidadãos decidiram abandonar a cidade, segundo o South China Morning Post.

Muitos optaram por abandonar a cidade devido ao perigo do vírus. Outros decidiram sair de Wuhan para celebrar o Festival de Primavera noutro local, revelou o presidente da câmara, Zhou Xianwang.

As autoridades chinesas revelaram que a propagação do novo coronavírus está a ficar mais forte e que há uma forte possibilidade de continuarem a serem identificadas mais pessoas infetadas. 

Recorde-se que uma enfermeira que está a ajudar os infetados na cidade de Wuhan lançou um vídeo no YouTube, onde acusa as autoridades de estarem a ocultar o verdadeiro número de pessoas infetadas. "Estou na área onde o coronavírus começou. Estou aqui para dizer a verdade. Neste momento, na província de Hubei, incluindo a área de Wuhan, 90 mil pessoas foram infetadas pelo coronavírus", disse a enfermeira, cuja identidade não foi divulgada.